Quinta-feira, 20 de Julho de 2006
Nada acontece por acaso...

Na vida nada acontece por acaso...
Por muito que não queiramos admitir isso, o facto é que há determinadas alturas, determinadas circunstâncias, determinados acontecimentos que nos levam a questionar o porquê das coisas...

Porquê?
Será porque há algo que preciso perceber e, não o conseguindo fazer por mim mesma, a vida se encarrega de me dar um sinal tão evidente e tão marcante, que tenho obrigatoriamente de parar para pensar?
Pensar quem sou, o que sou, o que quero, para onde vou...

Diz o velho ditado popular..."Cada qual tem aquilo que merece"...

Será que se trata de uma questão de merecimento ou de mérito?
Poder-se-á pura e simplesmente resumir tudo a isso?
Merecimento da vida, merecimento das adversidades, merecimento dos outros, demérito de nós...

A tendência comum e até por uma questão de auto defesa, é pensar que tudo aquilo que nos marca negativamente não merecemos...
Mas, curiosamente, se nos marcar positivamente já nos consideramos merecedores...
Colocando as coisas na mesma fasquia... já que não merecemos o que de mau nos bate à porta, será que somos mesmo merecedores das coisas boas?
Ou elas pura e simplesmente acontecem, porque houve algum anjinho bom lá em cima que acordou bem disposto?

E então o mérito dos outros onde fica? Aquilo que damos ou fazemos pelos outros...eles são merecedores? Ou não?
Não será uma atitude demasiado egoista o pesar na balança se o outro merece ou não, antes de fazermos algo por alguém?
A dádiva vem de dentro...da vontade de partilhar, de ajudar, de proporcionar momentos de bem estar..
Não se mede nem se quantifica... revela-se...

Diz outro velho ditado popular..."Quem semeia...colhe"

Todo o caminho que se percorre nesta vida, todas as encruzilhadas que encontramos, todas as pedras em que tropeçamos... são um reflexo de nós...
As pessoas são os acontecimentos... e toda e qualquer opção ou escolha que façamos, todo e qualquer caminho escolhido... tem as suas consequências... boas ou más...
Ao longo do tempo, muitas vezes inconscientemente, vamos criando as situações que mais tarde nos trarão resultados positivos ou negativos... mais ou menos valias... custos ou beneficios... valor acrescentado ou não...

Quer nos sintamos vítimas ou heróis, quer tenhamos ou não pena de nós mesmos... a verdade é que as pedras no nosso caminho não estão lá por acaso... e temos sempre o livre arbítrio de escolher a posição em que as queremos colocar...
Se as colocarmos mal, tropeçamos nelas, magoamo-nos e ficamos com alguns arranhões...
Se as colocarmos no sítio certo, continuamos o nosso caminho incólumes...
E quantas e quantas vezes os arranhões nos obrigam a pensar se tudo não passará de uma questão de destino, de karma...
Ou se, por outro lado, somos nós que, para evitar todos os arranhões, nos colocamos do lado errado da vida...

Nada acontece por acaso...



Publicado por DianadosBosques às 15:08
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De solnascente a 21 de Novembro de 2006 às 11:12
Lendo e semeando.
solnascente


Comentar post

Contacte-me para mais informações
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

Quizás...

Meant to be...

Polaridades...

Innuendos...

Sensibilidade...

Roda Gigante...

Timing...

Beyond the Invisible...

Simplesmente...

Falling...

Mesmerism...

What goes around... comes...

Challenges....

Deixar Acontecer...

Se te disser...

Arquivos

Junho 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Blogs