Segunda-feira, 23 de Abril de 2007
Alquimia...

 

"Tu pensas em cada coisa mais estranha. Só tu mesmo..."

 

Às vezes penso em coisas estranhas...dizem...
O curioso é que para mim faz sentido...para mim essas "coisas mais estranhas" fazem parte da essência de tudo...
Então porque não pensar nelas?...
É inerente ao ser humano o querer mais...em termos materiais, culturais, de sabedoria de vida...
E lutar por isso...
Faz parte do legado que nos foi transmitido e que iremos transmitir um dia a outras pessoas...
Um circulo e um ciclo de recepção e transmissão...

 

Quem não tem ideais?
Quem não tem objectivos de vida?
Quem não luta por aquilo em que acredita?...

Valores, princípios, ambições, metas, filosofias... um referencial, um porto de destino...
E aquilo em que se acredita não fará parte de um sonho?
E quem não luta por um sonho, seja ele qual fôr?

 

"Ah e tal.. isso és tu que tens a mania de sonhar e perdes-te... nunca perdes a noção da realidade, se tiveres sempre os pés assentes no chão"

 

Será?
Que seria, ou como seria a vida se tudo se resumisse ao concreto?...
Se nunca se perdesse a noção da realidade?

 

Sabemos que, ao longo da história, as grandes mudanças sociais e filosóficas...aquelas que estiveram na origem de muitas revoluções, se deveram à persecução de sonhos e ideais de pessoas visionárias para a época...
Até Jesus Cristo era visionário...
Sofreu e morreu por isso...mas deixou a semente...
 
E os visionários não serão sonhadores? São concerteza...
Sonham, perseguem e lutam por ideais que só estão na cabeça deles...
Que seria de nós hoje, se os sonhadores de ontem tivessem desistido de sonhar?

 

Eu sou suspeita porque sou uma sonhadora incorrigível. Mas...
Enquanto se sonha acredita-se...
Enquanto se sonha vive-se intensamente...
Sentem-se os mais pequenos e insignificantes momentos com paixão e emoção...

Enquanto se sonha o lado cinzento da vida está do avesso...
Ele está lá, há sempre o reverso da moeda...
Mas um sonhador tem a capacidade e a determinação de transformar o cinzento em arco iris...
O cinza em branco...depois amarelo, verde, azul, vermelho fogo...a cor da paixão...

Quem não sabe o que é um sonho, não sabe o que é paixão...
Quem não conhece o sonho, não sabe dar valor à essência da vida...

Porque viver é fazer a diferença...
Só isso...
Sonhar...



Publicado por DianadosBosques às 13:35
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De segredos a 26 de Maio de 2007 às 22:19
Os outros, têm por norma fazerem-se passar pelo inconsciente das pessoas que usam a ausencia de limites nos sonhos, nos actos, no que dizem e fazem...e como isso não é capacidade de todos, teimam em "apontar" o dedo, a quem apenas e só...quer poder continuar a sonhar...nunca deixe de sonhar, mesmo que hoje já tenha um concorrente que é a PT...é grátis...ou de borla...bem escrito, parabéns...

até mais ler...;o)


De Gitano73 a 10 de Maio de 2007 às 22:04
Palavras de um verde-musgo só encontradas naquelas florestas, bosques reservados ao mistério.

;)



De PrincessFabiana a 8 de Maio de 2007 às 11:51
E sonhando se vive, e vivendo se sonha :)
Saudades de te ler miga, espero que esteja tudo andando :)
Bjo Fabi ***


De Alguém a 3 de Maio de 2007 às 17:00
Eu estou aqui.
No mais solitário e reservado canto da minha vida.
Olhando para o computador
Enquanto minha mente sussurra palavras ao teclado,
no mais discreto improviso.
Mas, meu pensamento voa...

Meu pensamento procura por Você...
Onde Você está...Com quem Você está...
Sinto que ele pode viajar quilômetros em apenas alguns segundos e,
Como um espírito cheio de luz, ele pode lhe ver,
Contemplar toda a sua beleza, sorrir para Você
E lhe dizer o quanto Você é importante...
Sinta nesse momento a minha presença ao seu lado.
Feche os olhos, ligue a música e ouça...

E não chame meu amor de paixão, pois assim Você me magoa.
A paixão, a distância apaga. O amor, a distância acende.
A paixão passa, enquanto o amor continua.
Na paixão Você ri.
No amor Você também ri, sorri e, às vezes, chora.

A paixão não tem limites. O amor tem obstáculos.
Na paixão Você se dá. No amor, Você se entrega.
Na paixão Você faz sexo. No amor, Você faz e recebe amor.
A paixão é superfície. O amor é correnteza.
Pois a paixão lhe leva, enquanto o amor lhe arrasta.

A paixão ferve. O amor transborda.
A paixão Você conta a todos. O amor Você revela ao amigo.
Na paixão Você curte o momento. No amor, Você o vive intensamente.
Na paixão Você grita. No amor Você sussurra.
Na paixão tudo existe. No amor, tudo se constrói.

A paixão exige. O amor pede.
A paixão é incêndio. O amor é chama eterna.
Na paixão tudo são momentos. No amor, tudo é vida.
Por isso, não chame meu amor de paixão, porque Você é minha vida.
Onde Você estiver, com quem Você estiver, não se esqueça de mim.



De Alguém a 1 de Maio de 2007 às 09:35
Em cada momento um ato
Em cada ato um pensamento
Em cada pensamento uma saudade
Em cada saudade você

Em cada hora uma história
Em cada história uma aventura
Em cada aventura uma lembrança
Em cada lembrança, você

Em cada dia um livro
Em cada livro um porquê
Em cada porquê uma resposta
Em cada resposta, você

Em cada amor uma vida
Em cada vida um saber
Em cada saber uma certeza
Certeza de gostar de você

Em cada música um canto
Em cada canto uma poesia
Em cada poesia um beijo
Em cada beijo um desejo
Em cada desejo, você

Em cada pássaro um vôo
Em cada vôo uma paixão
Em cada paixão uma loucura
Em cada loucura, você

Em cada sorriso uma alegria
Em cada alegria uma felicidade
Em cada felicidade uma vontade
Em cada vontade uma satisfação
Em cada satisfação um prazer
Em cada prazer.....você

Só você, eternamente você......



De Alguém a 24 de Abril de 2007 às 22:13
Sou Lenda,
porque as lendas são envoltas em Mistérios e Magias.
São uma criação dos caminhos da mente, da vaga imaginação da liberação dos silêncios da alma...



Sou Lenda, porque as
lendas correm livres
junto ao vento, buscando as vozes
da memória
para que alcancem,
as histórias perdidas
no tempo...



Sou Lenda, Então, sendo Lenda

pelo desejo incontido posso cavalgar pelos

que há em mim, de tornar sonhos, velejar pelos

possível o encontro entre a mares da sua

Lua e o Sol, saudade, passear,

diminuindo o entrave da dor... solta, pelo seu

pensamento...


Sendo Lenda,
posso brincar na sua alegria,
ser parte da sua emoção,
e caminhar,
tranqüila, pela sua ilusão... Sendo Lenda,
posso escrever
meu nome em sua vida,
e me instalar no aconchego do seu coração como uma sensação chegando pelo perfume do ar...
Sendo Lenda
posso ser parte de você,
sem você perceber...




Comentar post

Contacte-me para mais informações
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

Quizás...

Meant to be...

Polaridades...

Innuendos...

Sensibilidade...

Roda Gigante...

Timing...

Beyond the Invisible...

Simplesmente...

Falling...

Mesmerism...

What goes around... comes...

Challenges....

Deixar Acontecer...

Se te disser...

Arquivos

Junho 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Blogs