Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008
Small Talk...

 

É tudo tão estranho...
-"Estranho? "
Sim... esta sensação que já te encontrei antes...
-"Não acho estranho..."
Não?
-"Não. Sabes quem sou eu?"
É claro que sei...
-"Pois sabes. Mas pergunto se me conheces... cá dentro..."
Ah, isso ainda não... mas é giro, porque tenho a sensação que sim...
-"Pois tens... e conheces..."
Conheço?
-"Sim... Eu também te conheço..."
Ai sim?
-"Conheço-te, porque me conheço a mim mesmo..."
O que dizes, às vezes, é-me tão familiar...
Falas de coisas que são paradigmas para mim e pelas quais traço um objectivo de vida. E ainda me dizes que não achas estranho?
-"Os teus paradigmas são assim tão transcendentes, ao ponto de serem estranhos?"
Não, não é isso... sabes que não é fácil encontrar pessoas que sintam e pensem igual...
-"Almas gémeas?"
Por aí, sim... é estranha a ligação das coisas...
-"Encontraste-me a mim..."
Sim, mas isso torna-te perigoso...
-"Perigoso?"
Sim...
-"Explica-me... perigoso porquê?"
Porque posso vir a gostar mais do que aquilo que quero...
-"Tens medo?"
Algum...
-"Medo de quê????"
Da dor, da decepção... conheço-as bem, cheiro-as à distância...
-"Não concordo com esse medo..."
O medo não se procura...
-"E a entrega procura-se?"
A entrega é um abandono voluntário... é consciente, o medo não...
-"É consciente porque confias... porque acreditas..."
Claro que sim...
-"Se confias e não tens medo da entrega, como podes ter medo da dor?"
Não sei...
-"Não sou eu que te faço sentir medo ou alguma outra coisa...
És tu que me sentes, sou eu que te sinto a ti..."
Talvez...
-"Sabes uma coisa?"
Diz...
-"A vida é uma sucessão de escolhas..."
E também de preços a pagar pelas escolhas feitas...
-"A escolha és sempre tu que a podes fazer..."
Pois posso... e será que sei?
-"Sabes... porque não sou eu que sou perigoso. És tu que escolhes não te deixar magoar..."
Talvez tenhas razão...
-"Já te convenceste?"
De quê?
-"Que me conheces?"
Porque te sinto?
-"Sim, porque me sentes... E já sabes quem sou?"
Vou sabendo...
-"Não, tu já sabes..."
Não sei, não...
-"Sabes!!

 Porque eu... sou tu..."

 

 

 



Publicado por DianadosBosques às 21:44
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De segredo_revelado a 26 de Setembro de 2008 às 02:40
hoje nao venho aqui fazer um comentario directo a este teu post.venho sim dar conhecimento que desde ha poucos dias criei tambem um blog que espero um dia venha a ser tao visitado como o teu. se qiseres um dia espreitar agradeço a perda de tempo.
http://segredo_revelado.blogs.sapo.pt/


De salgueiro_chorao a 16 de Setembro de 2008 às 12:48
este texto vem de encontro ás minhas crenças.
pois eu acredito nas almas gemeas,nas metades indivisas que se completam...
umas chegam com a forma de amizade,outras de amor..mas cheguem com que nome seja fazem sentir-nos completos,unos..
pois é...eu acredito em almas gemeas!!

parabens por mais um maravilhoso post


Comentar post

Contacte-me para mais informações
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

Quizás...

Meant to be...

Polaridades...

Innuendos...

Sensibilidade...

Roda Gigante...

Timing...

Beyond the Invisible...

Simplesmente...

Falling...

Mesmerism...

What goes around... comes...

Challenges....

Deixar Acontecer...

Se te disser...

Arquivos

Junho 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Blogs