Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2006
Booomm!!!

Ando na corda bamba há demasiado tempo...
Mantenho uma máscara de equilibrio instável que teima em fugir de mim...
Procuro retalhos de amor aqui, pedaços de carinho ali, restos de conforto mais além...
Migalhas... ínfimas migalhas...
Hoje a corda rebentou...
E cai no precipício...
Booomm!!



Publicado por DianadosBosques às 21:44
link do post | comentar | favorito
|

7 comentários:
De solnascente a 21 de Novembro de 2006 às 10:17
Nota-se que alguma coisa se passou ,escreveste tão pouco.
solnascente


De Gitano a 25 de Janeiro de 2006 às 22:43
Amanhã acorda cedo... antes do raiar do sol... e repara como ele nasce todos os dias.. todos os santos dias dá-se ao trabalho de nascer para nós. Ele não tem cordas que rebentem. Ele é o símbolo da esperança. E merece, de vez em quando, que o assistam nessa magnífica peça que é o nascer do sol.


De rui a 26 de Janeiro de 2006 às 10:46
os precipicíos existem ... as cordas rebentam ... as lágrimas descontrolam-se em catadupa cara abaixo, o desencanto esvoaça qual ave rapina em volta das nossas cabeça, o despenhadeiro da solidão acerca-se, mas PORRA ... existem sempre aquelas redes de fio de um azul ténue, quase quase transparente, que insistem em nos prender ... e que são aqueles sacanas com quem se soltam umas boas e sinceras gargalhadas

... e sim ... se o filho da mãe do sol nasce todos os dias, porque não nós ...


De Carmo a 26 de Janeiro de 2006 às 13:21
Um dia aprendi que não importa em quantos pedaços o meu coração já foi partido..o mundo não parou por isso..para que eu pudesse colá-lo..sei lá com supercola3..bom bom é acordar! Vá descruza os braços! Sorriso nos lábios!Beijinho.


De Manela a 26 de Janeiro de 2006 às 18:31
Por vezes parece que a corda rebenta, percebo-te...mas será que cai? Ou será simplesmente o sinal que algo está a mudar? Aproveita este momento para acreditares na pessoa forte que escondes no peito. Deixa-a crescer acreditando que tudo tem a sua parte positiva. Eu sei que tu sabes, só falta acreditar;)Beijocas


De Sandra a 26 de Janeiro de 2006 às 22:58
A corda bamba é a corda bamba...não é ainda a queda. Equilibra-te...não cedas... contraria... Às vezes é necessário baloiçarmos para nos lembrarmos que podemos cair. É uma espécie de sinal... E afinal, nem tudo o que balança cai...;o) Beijocas e sorrisos :o)))


De Mikas a 27 de Janeiro de 2006 às 12:51
Ok.. o pessoal ali em cima são todos teus amigos, e disseram todos coisas com as quais estou de acordo.

Mas.. o que eu te quero dizer mesmo é que se a puta da corda rebentou, tu ias em queda livre e de repente apareceu um Super Homem (1,88 mt., moreno, olhos verdes esmeralda, uma peitaça forte cumó caraças) que te apanhou e te levou até uma praia tropical. Prontamente te deliciou com um table dance daqueles que a gente sabe (ui ui). Oh pá!

Beijos beijos beijos. (Já viste quanta gente se deita no pavimento para te amparar a queda, gaja???)


Comentar post

Contacte-me para mais informações
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

Quizás...

Meant to be...

Polaridades...

Innuendos...

Sensibilidade...

Roda Gigante...

Timing...

Beyond the Invisible...

Simplesmente...

Falling...

Mesmerism...

What goes around... comes...

Challenges....

Deixar Acontecer...

Se te disser...

Arquivos

Junho 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Blogs